Seu blog de Relações Públicas e Propaganda

Mostrando postagens com marcador protesto rp. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador protesto rp. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Mágica de Segunda Categoria!

O RP e PP está impressionado como algumas bobagens que são "consertadas" com "mágicas", porém de segunda categoria.

Pra falar a verdade nós já estamos de "saco cheio" dessa expressão criada pelo digníssimo professor (com p minusculo mesmo - como bem disse Ocappuccino) João Manuel Cardoso de Mello.

O blog Ocappuccino "espertamente" deu um print screen na reportagem dada pelo professor da FACAMP.

A mágica, foi tentar iludir com um passe de mágica apagando da reportagem, o termo proferido e altamente discutido (segunda categoria), mas não levaram em conta que quem bate esquece, quem apanha, nunca esquece.

Hoje, dia 29/10, está acontecendo a discussão sobre o caso FACAMP

Vejam 

 

Clique e veja► Créditos: ocappuccino


Explicação Do Mago Mascarado!
"E agora Mr M?"

Mr M.
Essa nem precisa ser explicada não é Mr. M? Acho que vamos esperar todo o desenrolar da reunião e daremos os detalhes por aqui. Mas por enquanto o que era inexplicável, como a capacidade de tais declarações, fica evidente, como a incompetencia de tais profissionais.


Muito obrigado amigo Mr. M. 
Mas essa a gente conseguiu pegar!
Isso é um espanto!!!



Um blog que não faz mágica, mas sabe quando ela é de segunda categoria!
@BlogRPePP

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Existe algum descrédito em ser RP ou PP?

Não
Já começamos respondendo a pergunta para que não haja dúvidas sobre a importância dessas profissões e acima de tudo desses profissionais.

O que nos fez escrever um post com esse título foi o caso FACAMP e alguns outros casos passados, que sempre colocam à prova a capacidade dos RP e PP.
  
A grande questão é que muitas vezes trabalhamos com a vaidade dos clientes, nossos diagnósticos são discutíveis do ponto de vista deles. Na maioria das vezes temos que provar que o nosso trabalho tem resultado, mas um resultado que viza a tranquilidade do negócio, o engajamento de uma equipe, o bom relacionamento com os públicos, a organização financeira, a satisfação do cliente... isso tudo aprendemos na nossa vida acadêmica e conseguimos tudo isso estudando muito. Médicos aparecem sempre de branco nas novelas, seriados e filmes, assim como o advogado aparece de terno e gravata. Os publicitários aparecem como "voadores" que acreditam que o mundo muda em uma peça e o RP aparece em novelas como um cara bonitão e influente, porém sem conhecimento.
O que está acontecendo é a confusão dessa nova nomenclatura criada, a dos cursos de segunda categoria, onde na verdade, repito, o que existe é profissional de segunda.

Mas voltando ao que digo de raciocínio inicial, não existe nenhum descrédito em ser RP ou PP, aliás, não existe descrédito em nenhuma profissão digna. O que existe realmente é um desconhecimento sobre o tema.


O RP e PP viu no Twitter um post mais ou menos assim: RP também deve ter seu público de interesse. "Não é possível nem necessário que toda a população do planeta saiba o que fazemos."
(por @Gilceana)

Até concordo com ela. Temos sim nossos públicos de interesse, mas será que não ter o mínimo de valor positivo para com o restante não seria importante? O restante do planeta não necessita de um advogado se não tiver feito nada de errado, logo, o público de interesse desse profissional são pessoas que fizeram algo ou querem se defender de algo na justiça, porém todos sabem o que um advogado faz e o valoriza por isso. Minha mãe adoraria ter um filho advogado.

Entrevistamos um aluno de RP. Ele disse: "Quem faz Relações Públicas geralmente não soube o que seria quando crescesse"
Essa declaração faz muito sentido.
Nenhum RP quis ser RP quando criança.
 É interessante!
Quem sabe não conseguimos fazer com que esse caminho seja desejável.


Esse dia está próximo!
Um blog que cresce junto com o que defende!
Vote RP e PP para topblog 2010!


 

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Merchandising e Promoção

Pessoal. Quem aqui nunca foi vítima do Merchandising ou nunca participou de uma promoçãozinha?

Primeiro vamos saber melhor o que cada ferramenta oferece.

O Merchandising tem como objetivo colocar os produtos/serviços em contato direto com o consumidor, proporcionando melhores visualizações dos mesmos.
Existem dois tipos de Merchandising: o tradicional e o eletrônico.

TRADICIONAL - No Merchandising tradicional acontece a sinalização da presença do produto ou serviço no ponto de venda. Tudo para que o que está sendo vendido seja visto com destaque, vejam! 

Merchandising para o dia das crianças
ELETRÔNICO - No Merchandising eletônico o que presenciamos são avais de produtos ou serviços, os  endossantes, que são os populares "garotos(as) propaganda", que cedem suas imagens para avalizar um produto ou serviço. (Normalmente pesquisas são feitas com consumidores até chegar à uma conclusão de quem será o endossante).


Também existe nesse meio (eletrônico) a popular ambientação do produto. Essa ocorre em novelas, seriados, filmes, etc. Esse tipo de ação serve para ambientar, como o próprio nome já diz, o produto enquanto ele está sendo utilizado ou apenas manuseado, comentado, tudo para que se crie uma atmosfera de incentivo ao uso.
Merchandising do Novex (creme para cabelo)

Promoção 

A Promoção de Vendas ocorre de três maneiras: institucional/corporativo, para o trade e promoção de produtos e serviços.

Institucional/Corporativo - A principal preocupação é garantir e preservar a imagem da empresa como um todo.
                                                   A Procter and Gamble está com a promoção "Provou gostou"                                                            (avião do Faustão) uma ação que visa reforço de marca       


Trade - Ações voltadas para o mesmo ramo de negócios.
                         MM's fazendo o que chamamos de promoção para o Trade, explicando, fazendo promoção                        junto a quem faz parte do seu ramo de negócios (lojas de doces, supermercados...)

Produto ou serviço - desovar estoque ou fazer com que o cliente compre ou utilize mais.

Uma das formas mais utilizadas de desova de estoque é a popular liquidação


Faça "Merchan" do RP e PP pros amigos
Vote no box ao lado ►
TOPBLOG

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Com-Média 10


Olá pessoal!


Vamos conhecer melhor o que é o Com-Média 10!!!

O grupo Com-Média 10 foi fundado na faculdade ESAMC pelos alunos Vanoni Parreira, Hudson Viana, Rafael Guimarães, Antônio Juan, Franklyn Nascimento e Maurity Cazarotti, do curso de comunicação social da faculdade ESAMC. O objetivo principal do grupo é levar algo que hoje é essencial na vida das pessoas, o RISO, segundo Vanoni Parreira, um dos mentores do grupo, e completa, fazer o outro rir é algo muito difícil de se fazer.
O grupo já possui dois trabalhos em vídeo: "Jornal Ponta Pé Inicial" lançado no mês de agosto e o "Inter na TV" uma paródia do programa Tribunal na TV, lançado no mês de setembro, ambos na faculdade ESAMC Uberlândia, onde acabam de fechar parceria com a TV ESAMC para um programa fixo de humor.

http://www.youtube.com/watch?v=Pl2_hKKLN94 - Assista a parte 1 do Jornal Ponta Pé Inicial
http://www.youtube.com/watch?v=c6A7FV45YDw - Assista o Inter na TV



Além dos vídeos, o grupo está alinhando os textos para apresentações Stand Up.
Se em vídeo já é bom, imagina ao vivo!!!



Faz propaganda do que é bom!!!

Em breve novo blog Com-Média10
Em breve Twitter Com-Média 10
-Por enquanto #ComMédia10 hashtag-
Peça paro o Com-Média 10 fazer rapidamente o blog e o Twitter pela hashtag

quarta-feira, 23 de junho de 2010

A arte tentando imitar a vida?!?




Olá pessoal que gosta de ler sobre Relações Públicas!!!
O blog RPePP traz nada orgulhosamente para vocês uma "gafezinha" global.


Vamos lá!

No capítulo da novela Passione do dia 16/06, tivemos uma passagem que deixou a classe das Relações Públicas um tanto quanto indignadas, tudo por causa da cena envolvendo o ator Reynaldo Gianecchini (Fred) e Werner Schunemann (Saulo), onde Saulo quer transformar Fred em Relações Públicas da metalúrgica Golveia.

A indignação não está somente na forma como se desenrolou a história, mas também se encontra pela luta que esses profissionais e estudantes da área travam dia a dia para tornar a profissão conhecida e bem vista pela sociedade.

O que mais chamou a atenção foi a rapidez do protesto em todas as redes sociais, mas principalmente no Twitter. No mesmo momento emails eram disparados para todos que possuiam algum vínculo com a profissão e que participam de alguma rede de RP.


A cena sugeria a contratação de Fred (Reynaldo Gianecchini), sem nenhum tipo de qualificação ou diploma e "cutucou" ainda mais a classe, por Fred se tratar de um profissional imcompetente e sem caráter (Fred é um dos vilões principais da novela da globo).

A questão é!

Em uma sociedade, onde a credibilidade se conquista com trabalho, suor e lágrimas, não podemos jogar uma questão de tamanha importância como se fosse algo que não existe.
Perguntávamos ainda a pouco se o profissional de Relações Públicas aparecia como destaque, se era premiado pelo trabalho executado e a resposta foi que esse profissional era de bastidor, ou seja, o seu trabalho aparecia e não sua figura, sabemos também que para desempenhar tal função não é necessário somente o diploma, ser "bonitão" e falar bem, mas sim qualificação, conhecimento sobre ferramentas e lealdade acima de tudo, qualidades que não fazem parte do currículo do personagem da ficção.

A questão é que demora-se muito para se construir uma imagem, e cá entre nós, batalhamos muito todos os dias para conquistar o espaço que é nosso de direito. Por outro lado, é com a velocidade da luz que se destrói uma imagem e põe-se tudo a perder!

O outro lado da história
Após emails, ligações e sinais de fumaça serem disparados para o autor da novela, Silvio de Abreu e para a Rede Globo, uma retratação foi escrita dizendo que Fred não se tornará RP da metalúrgica. A cena que ilustra a situação foi ao ar dia 22/06, com a personagem de Fernanda Montenegro (Bete Gouveia), vetou a contratação de Fred e afirmou em cena que o mesmo não possuia qualificação para ocupar o cargo. A cena já estava gravada antes mesmo dos protestos dos RP's, afirma a direção.

Respondendo então ao título da postagem, às vezes tentamos imitar a arte e acabamos nos estabacando e essa é uma das raras vezes em que vemos a arte tentando imitar a vida e felizmente ou infelizmente, acabaram por se estabacar!








Postagens mais antigas Página inicial

Copyright © RP e PP | Traduzido Por: RP e PP

Design by Maurity Cazarotti | Blogger Theme by RP e PP

}); //]]>