Seu blog de Relações Públicas e Propaganda

Mostrando postagens com marcador rp e pp. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador rp e pp. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Vida de Empreendedor: Você está vivendo ou está morrendo para trabalhar?

Não há nada mais prazeroso pra um empreendedor do que o próprio trabalho. Aos que são felizes por terem escolhido a própria carreira e o que oferecer para o mercado, sobra alegria, bem estar e saúde para todos os setores da vida. Como seria bom se essas linhas fossem 100% verdade!


Eu escrevo esse artigo por ter um sócio de 27 anos que toma remédios controlados para pressão alta. Escrevo esse artigo por ter um amigo empreendedor e sócio em uma startup que está precisando balancear o dia e a noite, a mando de um médico, e detalhe, ele tem só 22 anos. Eu escrevo esse artigo por ter um cliente, empreendedor, que está afastado de fazer o que mais gosta por ter tido um problema com estresse, com apenas 30 anos.

O que eu quero com esse artigo?

A grande verdade sobre esse artigo é a minha intenção simples de te fazer pensar sobre o seu caminho para o "sucesso". Muitos gurus da área de negócios apontam caminhos para o sucesso, mas, se esquecem que os executores dessas ações são pessoas e que precisamos humanizar a abordagem, pois, o caminho precisa ser tão prazeroso quanto o atingimento das nossas metas.

Aquela pizza depois do horário comercial ou aquele sprint feito de madrugada. Aquele velho corujão no escritório ou, até mesmo, no quarto, na sua casa, acompanhado ou não, com refrigerante, energético ou aquela garrafa de café, tudo isso, é muito mais comum do que a gente pensa. E não, eu não estou dizendo pra você não ficar depois do horário um dia ou outro ou não comer uma pizza com refrigerante, uma vez ou outra, mas, se esse comportamento é recorrente, você precisa rever se o dinheiro vale tanto a pena assim, uma vez que você vai precisar gastar ele pra cuidar da sua saúde depois.

Qual é o seu propósito?

Pode parecer piegas, mas, alinhar seus projetos com o propósito que você tem para a sua vida é o que dará sentido à sua caminhada. Hoje, sou professor universitário (ESAMC), tenho meu escritório de comunicação e inovação, também tenho uma startup (www.namao.me - conheça! hehe) e sou Diretor na Associação dos Profissionais de Propaganda (App Uberlândia), além de ter meus "escapes", como esse blog maravilhoso que você está lendo, há mais de 6 anos. Meu propósito de vida é provocar diálogos nas pessoas, por meio de comunicação, em qualquer meio, e eu faço isso em todos os projetos que me envolvo. Mas aí você me pergunta: Que horas você tem vida social? Que horas você dorme? Bom, eu tenho vida social e consigo dormir numa boa! Eu consigo ter tempo para as minhas atividades e uso, com ajuda da minha noiva, a agenda do Google e, com isso, eu sei das minhas obrigações e do meu tempo livre.

Quais são os seus projetos e sua disponibilidade?

Eu citei meus projetos aí em cima e gostaria que você descrevesse quais os seus projetos. Anote em um papel, cada um deles. Escreva os dias da semana e tente separar, por horas, a sua disponibilidade para cada um deles. Tendo noção do que você tem como "obrigação", fica mais fácil prever o que você vai fazer durante a sua semana. Caso aconteça algo de extraordinário, algo que fuja à regra, você terá mais fôlego pra tomar conta e, como toda regra tem sua exceção, não é problema ficar depois do horário (desde que essa exceção não se torne uma regra).

O que você tem vontade de fazer no futuro?

Convivo muito com gente da minha idade e com gente que tem uma idade mental muito jovem e sempre vejo novidades e movimentos de novos projetos nessas pessoas, e isso é muito bom! Com aquela anotação de "disponibilidade X projetos", você também conseguirá visualizar se aquele seu desejo de fazer algo novo tem espaço na sua agenda semanal. Outra coisa é o objetivo desse novo projeto! Claro que pode ser algo que não está ligado ao dinheiro em si, como por exemplo, um mestrado (que eu também quero fazer) ou algo ligado à filantropia ou à sua comunidade. Nesse contexto também entra o planejamento de tempo que você vai ter, então, antes de tudo, conecte sua agenda ao seu propósito!

Agora tá na hora do café!

Gostou das dicas? Que tal compartilhar com alguém que você tenha contato e que está cheio de ideias de projetos, mas, talvez está sobrecarregado e não sabe o que fazer? 

Espero ter ajudado com esse artigo e espero também que você tenha sucesso em tudo que fizer na vida.

quarta-feira, 15 de março de 2017

#Eventos: Terceira edição de palestra sobre Redes Sociais ocorre em março

Objetivando incentivar a compreensão sobre a importância das redes sociais para as empresas, a terceira edição da palestra ”Redes sociais: impacto e diferenciais nas empresas” ocorre no dia 22 de março, das 14h às 16h no Farol Coworking. O encontro destina-se, principalmente, a estudantes de comunicação e profissionais que queiram aprofundar seus conhecimentos. 

A palestra visa mostrar a importância das mídias sociais como diferencial em meio a um mercado competitivo, bem como explicar algumas técnicas para gestão dessas plataformas. A partir de aula expositiva, discussão de cases e interação entre os inscritos, a ministrante Francielle Falavigna aborda a conceituação, planejamento e estratégia das principais redes sociais, bem como a importância dessas plataformas para empresas iniciantes.

Interessados podem fazer a inscrição mediante doação espontânea de valor escolhido pelo próprio participante pelo site www.farolcoworking.com.br/eventos. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail contato@farolcoworking.com.br ou pelo fone (51) 3024-0048. As vagas são limitadas!

Serviço:

O que: Redes sociais: impacto e diferenciais nas empresas;

Quando: 22 de março;

Horário: das 14h às 16h;

Local: Farol Coworking - Rua Coronel Bordini, 487 - 3º andar, Porto Alegre;

Inscrições: pelo site www.farolcoworking.com.br/eventos, com doação espontânea de valor escolhido pelo próprio participante.


Foto: Visual Hunt

Sobre a ministrante: Francielle Falavigna

Graduada em Comunicação Social com habilitação em Relações Públicas (2015) pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), é atualmente, mestranda do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da mesma instituição sob orientação da Prof.ª Dr.ª Cleusa Maria Andrade Scroferneker e estudante do curso de bacharelado em Gestão em Saúde pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA). Durante a primeira graduação atuou como Bolsista de Iniciação Científica BPA/PUCRS/2014-2015 no projeto coordenado pela Prof.ª Dr. Cleusa Maria Andrade Scroferneker, As Mídias Sociais e a (re) significação das Ouvidorias Virtuais nos Hospitais Universitários Brasileiros. Integrou, ainda, o Grupo de Estudos Avançados em Comunicação Organizacional (GEACOR), da PUCRS, e foi responsável pela assessoria de Comunicação e Relacionamento na agência de Comunicação Integrada, Comunicative.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Coluna Canto do Galo APP | 02/03

Boas-Vindas

Damos as boas-vindas a mais um novo associado da APP, a empresa UBERPRINT, cuja atividade principal é Serviços Gráficos: www.uberprint.com.br

Representantes da empresa: Carlos Augusto G. Guilherme, Vanessa G. Guilherme e Silvana Miranda.

Sejam bem-vindos!

Comunicado APP

Aguardem a definição das datas para os próximos Encontros de Trabalho da Associação dos Profissionais de Propaganda de Uberlândia, programados para março de 2017.

APP JOVEM

O grupo de trabalho da APP Jovem está preparando uma importante atividade para o mês de março, visando o desenvolvimento dos estudantes da área de comunicação.

Aguardem!

Em breve divulgaremos as novidades.

Rv Amiga e Quanta Propaganda

A Revista Amiga é a nova revista de venda porta a porta de cosméticos de Uberlândia, com previsão de expansão para outras praças em breve.

A Quanta Propaganda foi a agência responsável pela criação e editoração da revista que possui 10 grandes marcas de produtos para rosto, cabelo, corpo, unhas, pele e acessórios de beleza.


Os melhores produtos com as melhores condições do mercado agora de porta em porta.

A Copa Futsal Band Triângulo foi o grande evento esportivo regional de 2016

Foram 30 jogos disputados em todas as 13 cidades participantes com milhares de pessoas presentes nos ginásios da região acompanhando as emoções dessas grandes partidas. Um sucesso que a partir deste ano projetará sua expansão para todo o interior mineiro. E tem mais novidades por aí...

· 30 cidades participantes (mais que o dobro da primeira edição)

· 76 partidas serão disputadas entre os dias 21 de março e 3 de agosto. Todas as cidades participantes receberão jogos da competição



· Todas as rodadas terão cobertura especial em boletins no programa Jogo Aberto com Renata Fan

· Ações pela internet no site futsalband.com.br, no Youtube e também nas redes sociais

· Cartazes com a tabela de jogos da competição em locais estratégicos dos participantes

· As duas partidas finais serão exibidas em programas especiais na grade da Band Triângulo para as mais de 100 cidades da sua área de cobertura.

Faça a Pós ESAMC em Direito Civil e Processo Civil

"A ESAMC é uma das mais valorizadas instituições de ensino superior do país. Reconhecida por desenvolver em seus alunos as competências técnicas, comportamentais e gerenciais procuradas pelas melhores organizações, a ESAMC venceu o desafio de encontrar o equilíbrio perfeito entre a teoria e a realidade do mercado, oferecendo o principal diferencial que todo profissional procura: a formação acadêmica necessária para se tornar um grande líder.

Agora, com a Pós em Direito Civil e Processo Civil, você tem acesso a um programa moderno e dinâmico, com professores altamente especializados e preparados para atender às novas necessidades dos advogados nessa área do direito.

Objetivo

Qualificar e aprimorar os profissionais que atuam no âmbito do Direito Civil e Processo Civil, tornando-se uma referência na reflexão crítica e na produção de conhecimento.

Metodologia

O curso é desenvolvido por meio do ensino participativo, em que o aluno desempenha papel ativo na produção do conhecimento. O modelo proposto requer do aluno o prévio enfrentamento temático por meio de cases e de aulas ativas, utilizando método Flipped Classroom (sala invertida) e atividades realizadas em equipes formadas pelos próprios alunos em sala de aula".

Venha conhecer nosso novo programa INFORMAÇÕES GERAIS: www.esamcuberlandia.com.br

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Segunda edição do Enegrecendo a Comunicação discutirá racismo estrutural

No dia 17 de novembro, quinta, às 19h, na Fapcom, acontece o cine debate a partir do documentário Negros Dizeres, do diretor Hugo Lima, com mediação da historiadora Suzane Jardim. O evento celebra o Novembro Negro, mês dedicado à discussão e reflexão sobre a situação das pessoas negras no Brasil.

O debate tem como objetivo refletir as ações efetivas contra a normatização da violência contra pessoas negras e questionar como o racismo afeta pessoas negras e brancas inseridas nos mesmos espaços. Pensando na comunicação como uma alternativa importante para engajar e em longo prazo transformar os indivíduos, o encontro torna-se uma maneira de estudantes e profissionais da área refletirem sobre o papel da mídia.



Ainda hoje, o racismo é tratado como patologia e não como estrutural e estruturante, como defendido por muitos estudiosos. O argumento de pesquisadores é sustentado pela idéia de que relações são constituídas em um padrão de normalidade. Segundo Silvio Almeida, podemos definir o racismo estrutural em três dimensões: econômica, política e subjetiva, das quais a pessoa negra, principalmente mulheres, encontram-se na base da pirâmide social.

O encontro tem mediação da historiadora Suzane Jardim e a presença do produtor e diretor do documentário. A produção discute, a partir das experiências pessoais, os primeiros contatos com o racismo evidenciando os espaços onde o crime acontece e suas influências na saúde mental e na autoestima de pessoas negras, desde a infância.

O primeiro Enegrecendo a Comunicação (2015) contou com a presença de profissionais da área para falarem sobre os desafios da produção acadêmica feita por militantes.

Enegrecendo a Comunicação
Dia: 17/11, das 19h às 22h
Local: FAPCOM - Rua Major Maragliano, 191. Vila Mariana, São Paulo – SP

(11) 2139-8500



Evento gratuito com inscrições antecipadas para emissão do certificado de participação até 16/11.
Cel: 11 95464 1201

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Coluna Canto do Galo APP Uberlândia | 18/10

Boas-Vindas

A associação deseja boas-vindas ao Johnny Silva Dutra que cursa Tecnologia em Marketing na Faculdade Politécnica de Uberlândia.

Se aventure no novo jogo da GILP

Este é o Upside Down! Nosso novo jogo que estará disponível nas lojas iOS e Android no próximo mês, mas você não precisa esperar esse tempo todo para jogar, os associados APP poderão testar o jogo na versão Android pelo link:https://play.google.com/apps/testing/studio.gilp.upsidedown



30 anos de Rádio Universitária FM


É com grande satisfação que toda a equipe da 107,5 Universitária FM agradece a presença de cada parceiro nas edições do “Vira Virá | Lançamento do Site da Rádio Universitária” nos campi da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Com o apoio de vocês pudemos lançar as nossas novas plataformas digitais e, juntos, confraternizar e comemorar o nosso crescimento em conjunto na cidade. Abraçamos de vez a tecnologia e interatividade, com o lançamento do aplicativo e do novo site. Os tempos mudaram, mas os valores permanecem e a 107,5 FM continua como a frequência do bom gosto. Novidades estão sendo preparadas.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Coluna Canto do Galo APP Uberlândia

A coluna Canto do Galo, da APP (Associação dos Profissionais de Propaganda) Uberlândia faz sua estreia no Blog RP e PP. Veja as principais movimentações do mercado da comunicação, eventos e novidades aqui, toda semana no RP e PP!

Seminário Internacional Universidade de Buffalo
Venha desenvolver sua criatividade com os melhores especialistas do mundo de 12 a 19 de novembro de 2016.
Conquiste seu diploma em criatividade da famosa Universidade de Buffalo.
Reservas e mais informações http://www.alquimiabrazil.com/ksp/ email: contato@alquimiabrazil.com e também pelos fones: (31) 99639-5959 ou 31 99578-0972

TV Paranaíba lança Paranaíba Play
A TV Paranaíba inovou mais uma vez ao lançar o Paranaíba Play, disponibilizando a sua programação local pela internet em tempo real. Agora, os programas produzidos pela emissora em Uberlândia podem ser assistidos em qualquer lugar pelo site www.tvparanaiba.com.br/playpor meio do celular, tablet ou computador.

Canto do Galo no RP e PP

Yellow Monkey celebra 5 anos.
Nesta última quarta-feira, a agência Yellow Monkey celebrou seu 5º aniversário. Um evento que contou com 150 convidados entre clientes, parceiros, fornecedores, equipe e amigos que fazem parte da história da agência. O evento também contou com a participação de Domênico Massareto, Diretor de Inovação do grupo TBWA, batendo um papo com os convidados sobre criação e inovação. "É com muita alegria e orgulho que celebramos esses cinco anos de empresa. Superamos grandes dificuldades nesses últimos anos de incertezas políticas e econômicas sem nunca perder a essência do que acreditamos: boas ideias funcionam. Em nome da equipe e dos meus sócios, Rogério e Danilo, quero agradecer a todos que, de alguma forma, fazem parte desta história". Comenta Gustavo Patrício, diretor de criação e sócio fundador da Yellow Monkey.

17 Anos da TV Vitoriosa
No dia 30 de setembro, a TV Vitoriosa comemorou seu 17º aniversário de atuação no mercado, em comemoração, a emissora desenvolveu um novo logotipo, mais atual e padronizado com o do SBT. Além disso, colocou no ar o novo site,www.redevitoriosa.com.br, uma forma de apresentar a TV Vitoriosa de maneira mais dinâmica e moderna para o público que está no mundo digital, além de apresentar as ações que são desenvolvidas pela emissora.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Versátil RP e FAPCOM promovem atividades gratuitas em setembro

Nos dias 26 e 27 de setembro, das 08h às 12h e das 19h às 22h, o Versátil RP realizará, sob coordenação de Tico Marcondes, em parceria com a FAPCOM – Faculdade Paulus de Comunicação, atividades gratuitas sobre Relações Públicas no Fórum de Comunicação FAPCOM.

Palestras e Bate-Papos:

No dia 26 de setembro, acontecerá a “Mesa RP – RP e o movimentos que fortalecem a profissão” nos períodos manhã e noite, com a presença dos coletivos Versátil RP, Todo Mundo Precisa de um RP, Fantástico Mundo de RP, Relacione-se, RP e PP, RP Manaus, RP Depressão, RP Salvadore e Observatório da Comunicação Institucional com a mediação do Presidente do CONRERP 2ª Região, Claudio Andrade.

Foto Reprodução FAPCOM

Nesse dia, também serão realizadas as palestras “Empregabilidade em RP” com Pedro Prochno (Uber/Todo Mundo Precisa de um RP), “Tô na facul, mas tô perdido. Me ajuda?” com Taís Oliveira (co-fundadora VRP) e “Empreendedorismo em RP” com Juliana Motta (VRP).

No dia 27 de setembro, também nos dois períodos, acontecerá a “Mesa RP – Comunicação no Terceiro Setor”, com Instituto da Oportunidade Social, Hospital Albert Einsten, Escoteiros do Brasil, Federação de Bandeirantes, Usina dos Atos, TETO Brasil e Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo com a mediação do Presidente do CONRERP 2ª Região, Claudio Andrade.

As palestras “Conteúdo para Blog Institucional” com Lais Rodrigues (VRP), “RP no processo de Branding” com Tânia D’Ávila (VRP) e “Comunicação de Causa: estratégias da campanha de doação de órgãos” com Mirtes Bogéa (Hosp. Albert Einstein) e Tiago Lara (Leo Burnett Brasil).

Serviço

Datas: 26 e 27 de setembro de 2016
Horário: das 08h às 12h e das 19h às 22h
Local: FAPCOM – Faculdade Paulus de Comunicação
Rua Major Maragliano, 191 - Vila Mariana – SP.
Inscrições: goo.gl/PSu7Fz
Entrada franca!

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Comunicação no universo da moda: um mercado promissor e pouco explorado

Por Ronnaldy Silva e Vyllena Albuquerque

O Brasil possui um dos maiores mercados consumidores de moda. Isso pode ser percebido ao vermos o número de lojas de vestuário e a crescente onda de shoppings em todo o país. Com um potencial tão grande de mercado, há espaço para profissionais de diversos segmentos. Com as Relações Públicas não é diferente. Então por que não adentrar esse mercado em crescimento constante?

A primeira relação entre moda e Relações Públicas é inerente aos dois segmentos: ambos comunicam. Moda é, antes de tudo, comunicação. A moda comunica um conceito, uma identidade. Ela deixou de ser um mero produto tátil para se tornar um mercado subjetivo. Entretanto, essa troca só acontece por meio de uma comunicação eficaz e bem planejada; tarefa para o profissional de relações públicas.


Frame do Filme: O Diabo Veste Prada

Segundo Rafaela Albuquerque, idealizadora do maior evento de moda de São Luís, o SLZ Fashion, dentro do universo da moda, o Relações Públicas pode exercer inúmeras atividades. “Delimitar as melhores estratégias de difusão e marketing de marcas e produtos, prestar assessoria de comunicação e imprensa, planejar eventos como desfiles e lançamentos de marcas de moda, trabalhar com a imagem e planejar toda a estratégia comunicacional para lançar uma marca ou produto no mercado. Isso, para citar somente algumas possibilidades”. 

Mesmo com tantas possibilidades de atuação no mercado o RP, muitas vezes, ainda não percebe o potencial que o mercado de moda oferece. Na indústria da moda, uma ideia, produto ou conceito precisa, primeiro, chegar ao público para ser conhecida para então vender. Isso só é possível graças a uma boa estratégia de comunicação. 

O jornalista de moda e membro do Setorial de Moda do Conselho Nacional de Política Cultural do Ministério da Cultura, Manoel Mougeot, sintetiza muito bem essa realidade quando diz: “Uma marca de moda sem profissional de comunicação, não é marca de moda. O passo seguinte de criar uma coleção é buscar comunicação. Você tem que investir no marketing, na publicidade, nas Relações Públicas, na assessoria de comunicação e na assessoria de imprensa para que você tenha uma construção de marca e consiga vender aquele produto”. 

Essa construção da imagem e do conceito da marca é de extrema necessidade porque a moda é, essencialmente, uma indústria visual e também sensorial, na medida em que estimula o imaginário. Segundo Mougeot, o segmento de moda não vende mais um produto, vende uma ideia, um conceito. A moda vende um estilo de vida e as Relações Públicas é que dão vida a esse ideal na mente do público.

O potencial de mercado dos blogs de moda

Mesmo com o constante aparecimento de novas redes sociais na atual era digital, os blogs ainda são a principal fonte de difusão e informação acerca da indústria de moda no Brasil e mundo. Atualmente, São Luís vem experimentando a popularização de diversos blogs de moda locais, algo incomum no cenário de moda da capital. Hoje, os blogs configuram um campo em plena ascensão na capital maranhense e caracterizam uma grande possibilidade de comunicação dentro do mercado de moda.

Manoel Mougeot, autor do blog “Sem Qualiragem”, voltado para a moda masculina, afirma que quando se cria uma marca, é preciso falar sobre essa marca. O jornalista faz uma comparação ao dizer que os blogs estão para a moda da mesma forma em que as revistas e sites de variedades estão para o mundo televisivo; é lá que as celebridades que tanto mexem com o imaginário do público são criadas. “Dentro da moda, é por meio dos blogs que se instiga o imaginário e estimula o consumo”, defende.

O blog funciona como uma revista virtual. É lá que, através de análises, opiniões e comentários, se difunde as tendências e cria-se a necessidade no público. Além disso, o blog tem o formato que permite que uma marca seja citada várias vezes. Um bom profissional de Relações Públicas deve saber usar todo esse mecanismo em favor de uma marca.

Este artigo foi escrito por:


Ronnaldy Silva
Estudante de Relações Públicas e Publicidade e Propaganda apaixonado pelo encanto da moda. Um bailarino nas horas vagas que tenta enxergar oportunidades em todos os seus sonhos. Pretende morar em NY em um AP pequeno e sofisticado trabalhando na Vogue (sonhos).


Vyllena Albuquerque
Estudante de Relações Públicas com um pezinho (ou talvez os dois) na moda. Acredita que moda não existe sem comunicação e que é em si mesma uma forma de comunicar, de se expressar. Ama livros, estuda coreano por hobby, sonha em trabalhar com moda e é aprendiz de costureira.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

O que a RP Week nos ensinou? Uma heresia não aplicar!

Após ter sido chamado para a cobertura da maior semana de Relações Públicas do Brasil, a RP Week, eu fiz questão de anotar partes importantes do meu aprendizado, em relação ao evento, mas, mais do que isso, resolvi compartilhar tudo com você, que lê o RP e PP! 

Foi uma semana repleta de conteúdo relevante. Pronto! Aprendi que, mais do que passar algo, precisamos ter "Relevância". Não é o mais curtido ou o mais bonito que vence, mas, aquele que dá o melhor que tem para o seu público e, acima de tudo, mostra resultado efetivo.

Uma coisa que é muito importante em eventos é o networking. Cara!!! Meu filho, se você vai para um evento e não faz nenhum amigo ou, não sai de lá com contatos novos, infelizmente você jogou tudo no lixo. Essa de ficar andando em panela e não se aproximar de pessoas diferentes é uma burrada sem tamanho. E, vamo ser sincero... ir em um puta evento de Relações Públicas e não praticar Relações Públicas é um tiro de garrucha no dedão do pé! #FicaADica.

 Alegria moçada!!!

Estamos todos no mesmo barco. Exatamente! Quando falo que nós, enquanto Relações Públicas, estamos todos no mesmo barco, quero dizer que somos uma família, ou, temos muitas dúvidas parecidas, não importa a geografia ou a área que atuamos em RP. Ainda não somos vendedores o suficiente, ainda não somos executores o suficiente e ainda não sabemos como demonstrar o retorno das nossas ações o suficiente, mas, a RP Week e os movimentos de RP estão nos ajudando com esses tópicos. Vamos dominar o mundo!

É possível transformarmos conteúdos de outras disciplinas e profissões para melhorarmos a nossa vida! Então... fica tão claro, quando você assiste um Workshop da Ariane Feijó, que é totalmente possível beber de várias fontes para tornar a vida dos profissionais, uma vida melhor! Falar de Inbound Marketing, que é algo novo e muito bom, porém, possui suas camadas de gesso e falar de Inbound PR, que é algo mais novo e tão bom quanto, mas que tem em sua essência a flexibilidade e a inteligência de olhar para as pessoas como público e não como target, que tem como base as personas e as suas jornadas de compra. Não tem como não pensar em aplicar o que foi visto. É quase uma heresia!

Workshop com Ariane Feijó: Pare de falar com público-alvo e fale com Personas

Outra coisa que aprendi e que é tão simples, foi o fato de ter em mãos os velhos cartões de visita. Mas, Maurity, o mundo é digital! Não, meu filho, o mundo é Wow Line! Surpreender as pessoas com cartões e projetos legais faz uma diferença danada. Pensar no que você vai oferecer para quem está a sua volta é algo, no mínimo, humano. E ser mais humano é ser um bom Relações Públicas.

Várias mesas redondas com temas escolhidos a dedo

Ouça sempre os projetos das pessoas! Meu Deus!!! É uma heresia tamanha você ficar tentando vender o que você faz 100% do tempo e não receber nada em troca. Bicho, vou te falar uma coisa: se você vai a um evento de Relações Públicas e volta com a bagagem vazia de informações sobre as pessoas, vou te falar uma coisa: Você está fazendo isto errado! Fale sobre você, mostre o que você tem de melhor, mas, devolva a fala e torne tudo uma via de mão dupla. Não construa pontes! Elas são duras demais e podem não ter volta (só ida). Faça elos! Estes não se desfazem, são duradouros e dão uma ideia muito maior de comunidade.

Por último... 

Não se pode existir rixa entre RPs e PPs! Meu amigo... Publicidade é você escovar os dentes. Relações Públicas é você passar o fio dental. Se você não faz os dois, você pode ter graves problemas de saúde (bucal e de comunicação!). Aprenda a compartilhar, acima de tudo! Faça o bem. Seja solícito na fila do pão. Se encha de orgulho pelo que faz, mas, não seja inconveniente ao se vangloriar. Tenha em mãos o melhor que possa oferecer, assim, a RP Week se tornará RP Year, sendo fonte de inspiração para um ano todo de comunicação.

Desejo isso pra você, de coração!

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Relações Públicas! Entenda os verdadeiros motivos de você precisar de RP (Parte 2)

Hoje, vamos continuar a série: Entenda os verdadeiros motivos de você precisar de RP e o assunto vai girar em torno dos diferenciais, a importância da comunicação (RP, pra ser mais específico) e os motivos dessa comunicação estar ligada à estratégia da sua empresa. Outros questionamentos que deixamos para este artigo foram: Será que a comunicação é mesmo um investimento? Como tornar a comunicação um investimento e não um custo?

Falando em Relações Públicas, temos que levar em consideração o planejamento. Sim! RP não é comunicação de curto prazo ou passe de mágica e um dos diferenciais de Relações Públicas é justamente a base sólida de construção de marca/reputação de uma corporação, para isso, o tempo e o planejamento precisam ser repeitados. 

O profissional de comunicação precisa ser preparado para planejar e seguir com os combinados para que tudo saia em perfeita harmonia. "Está aí uma palavra que cabe muito bem em qualquer ocasião que inclua comunicação: Harmonia!"

Foto: ISOC (International School of Comunication)

Cenário!

Ainda está longe de ser uma realidade absoluta, mas, muitos gestores começam a abrir os olhos para o planejamento da comunicação e enxergam também que este planejamento precisa estar alinhado com os objetivos estratégicos das organizações, pois, só assim se consegue um resultado alinhado com as metas, sejam elas financeiras ou de imagem. Por outro lado, muitos outros ficam para trás por não acreditarem que comunicação seja algo vantajoso (visão de curto prazo) ou quando acreditam, fazem isso esporadicamente, com intenções de obter "vantagem", ou seja, destinando verbas que não condizem com um objetivo e cortando essas verbas nos momentos de maior necessidade - sim, no momento de crise! 

Comunicação é investimento, sim!

Comprovamos que a comunicação é um investimento e não um gasto quando demonstramos o retorno que os clientes terão com estas ações e somos bem sucedidos quando sabemos vender e manter bons relacionamentos, traduzindo os objetivos e a essência dos clientes em algo de valor para os seus públicos. Comunicação é gasto quando não existe alinhamento ou, trocando em miúdos, quando ligamos o piloto automático e fazemos por fazer, achando que comunicando, está comunicado! (Não! Comunicou, não está comunicado. O buraco é mais em baixo e se chama: relacionamento, manutenção, continuidade).

RP. Você precisa de um!

Você precisa de um relações-públicas para planejar e executar ações de comunicação que estejam ligadas ao objetivo e à essência da sua empresa. Precisa de um profissional que demonstre diariamente que é possível obter relevância e entregar valor para as pessoas por meio da comunicação. Sempre digo para as pessoas que nós costumamos a ter vínculos como: visitar, conviver, brincar, namorar e comprar de pessoas ou marcas simpáticas, positivas, antenadas, que entregam valor além dos produtos e serviços. Não compramos de gente arrogante, com cara fechada e que não faça por merecer (sejamos exigente aqui, por favor!) e é exatamente por isso que o RP é a bola da vez, para tornar marcas relevantes, simpáticas e "compráveis". 

Na próxima postagem falaremos sobre comunicação interna e a sua importância pra que todo o planejamento de comunicação dê certo. O público interno é um termômetro e um catalisador de todas as ações de comunicação e são os que, antes de qualquer público, precisam ser informados e engajados. 

terça-feira, 5 de abril de 2016

Relações Públicas! Entenda os verdadeiros motivos de você precisar de RP (Parte 1)

Dizer que vivemos em uma geração totalmente digital e interligada por laços afetivos (ou não) e informações não é o suficiente para dizer que o seu negócio precisa de Relações Públicas. No post de hoje queremos passar informações, principalmente, para não RPs (então, mostre para aquele amigo que não é!) Quero apontar os verdadeiros motivos para que você pense no seu negócio como se ele fosse uma pessoa. Creio que assim fica mais fácil pensar em comunicação e Relações Públicas.

Em 1914, Eduardo Pinheiro Lobo foi o primeiro RP a atuar no Brasil, por uma grande empresa na cidade de São Paulo. Naquela época não existia internet ou redes sociais digitais, ou seja, a importância desse profissional já era reconhecida desde aquela época – e antes mesmo nos Estados Unidos com Ivy Lee que atuava como um agente de comunicação com o objetivo de mudar a opinião pública. 

Bom, história a parte, falar em Relações Públicas e tocar no assunto da integração da comunicação e relacionamento com públicos essenciais. Ter RP em empresas, de qualquer porte, é ter o fio condutor para o conhecimento da sua marca, o entendimento da sua missão, visão e valores, a  venda (Why Not?!) e a fidelização de clientes! O que isso quer dizer? Como buscar essa integração? Como conquistar o público?

Sua empresa como pessoa! Um exercício para você entender melhor.

Pense que sua empresa é gente, igualzinho a você.

As outras pessoas precisam conhecer você, certo? Os públicos precisam saber quem sua empresa é e o que sua marca faz no mundo. Depois disso, todos precisam entender o que você entrega! Entendimento é a fase em que todos precisam ter em mente os seus diferenciais, o que será entregue e o que pode ser exigido. 

Então, vamos vamos vender? Mas, com RP? Sim! Muita gente diz que RP é comunicação institucional, mas, comunicação de marca faz com que os clientes cultivem simpatia. Eu sei que você compra mais de quem é simpático, certo? Por fim, depois da venda entra a fidelização! Grande parte das ações de RP estão concentradas em fidelização de clientes, seja com promoção de eventos, brindes, ações feitas em datas comemorativas, entre muitas outras. Tudo para ter o cliente de volta em novas compras.


Ter Relações Públicas na sua empresa é ter a comunicação da sua marca sempre em dia, em todas essas etapas. Ter um profissional de comunicação como um RP é ter a possibilidade de contar com um planejamento de comunicação integrado com a comunicação interna e administrativa, em conjunto com RH e com a velha e boa publicidade.

Por último, não poderia deixar o lado digital de lado! Produzir conteúdo e ser referência no setor que você atua, alimentando-o com informações relevantes, fazendo mais do que a velha publicidade, ou seja, entregar os seus diferenciais com um toque de relacionamento diário é sair na frente. Ainda vamos falar aqui, com mais profundidade sobre inbound, as melhores práticas para um relacionamento sadio com públicos em rede e muitos outros assuntos que vão envolver comunicação, ferramentas, ou seja, você não pode deixar de acompanhar o RP e PP!

Na próxima postagem, vamos contar pra você os diferenciais de Relações Públicas e a importância da comunicação estar ligada à estratégia da sua empresa. Será que a comunicação é mesmo um investimento? Bom, uma coisa podemos afirmar: Sim! O que vamos contar pra você na próxima parte é: como tornar a comunicação um investimento e não um custo?

Fique ligado!

sexta-feira, 18 de março de 2016

Empreendedorismo informal é tema da V Mesa Redonda organizada pela iniciativa RPManaus

A iniciativa RP Manaus, completou cinco anos de existência em fevereiro, irá promover no dia 30 de março, às 20h no Espaço Thiago de Mello (Livraria Saraiva) a V Mesa Redonda com o tema “Empreendedorismo sem gravata”. O objetivo da mesa é mostrar ao público que existem diversos segmentos para empreender seja no ramo de gastronomia, comunicação digital, entre outros.

“Negócio é a ação empreendedora que dá lucro. Então, é muito fácil saber se você tem um projeto ou um negócio. Basta olhar no final do mês e ver se o saldo tem sinal positivo ou negativo” afirma a idealizadora do RP Manaus, Ana Clarissa Cavalcante.



A mesa redonda contará com a presença de Aldo Bittencourt, CEO da Startup e Agência de Inovação Fermen.to; Michelle Guimarães, proprietária da empresa Fora da Caixa e vice-presidente da Associação de Jovens Empresários do Amazonas (AJE-AM); Paulo Melo, responsável pelo Desenvolvimento de Novos Negócios da INDT Manaus; Erlan Bindá, idealizador do blog Mapingua Nerd; Samantha Gomes, proprietária do Bistrô de Sá; Victor Israel, publicitário e social media do Blog É de Comer? E consultor de mídias sociais da empresa Go Upper e Fernando Vieira, proprietário do BoraLá Food Truck

O debate será mediado pelo Diretor Administrativo da Tropical Multiloja, Alan Kardec Filho.

Serviço

Quando? 30 de Março de 2016

Horas? 20h

Onde? Espaço Thiago de Mello (Livraria Saraiva, Manauara Shopping). SEIS HORAS de atividade complementar

As inscrições para a V Mesa Redonda: Empreendedorismo sem gravata, pode ser feita no link http://migre.me/te4dr

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Veja como o humor pode fazer a comunicação dar certo!

No meio da crise, das notícias ruins, dos maus exemplos e das mais diversas narrativas que acontecem ao mesmo tempo, uma coisa surge para deixar os dias mais leves e, claro, com total intenção de chamar a nossa atenção. Hoje o RP e PP vai falar sobre humor! Mas, não vamos falar de piadinhas enfadonhas, do duplo sentido da comunicação que deixa uma mensagem ambígua e faz distorcer na mente do consumidor, aquilo que não se pode distorcer, que é a mensagem central!

A grande sacada é que o ambiente digital proporciona uma rapidez de informações e um número de interrupções muito grande quando se trata de anúncios, call to actions e pessoas físicas tentando vender algo também (grande tendência). O humor é a saída! Públicos diferentes que consomem de maneiras diferentes possuem algo em comum: o gosto pelo riso! 

Ser humorado, então, é um jeito de se aproximar e tornar a comunicação humanizada, deixando de lado aquele discurso frio da venda pela venda. Afinal de contas, se tem algo que aprendi nesses anos foi que a venda não existe, o que existe é a compra! Vender é algo subliminar, não se pode tocar, logo, não se pode vender sem antes, comprar (se colocar no lugar do público, personalizar).

Deadpool - Foto Divulgação

Essa semana, muito se falou sobre o filme do anti-herói Deadpool que, ao contrário dos heróis comuns, possui um jeito de ser um tanto peculiar. Essa postura se refletiu em toda comunicação do filme, desde os pré-testes com o ator Ryan Reynolds, onde um suposto vídeo teria "vazado" com o ator interpretando o personagem. O desenrolar de toda comunicação digital do filme foi pautado no humor ácido e inteligente que faz parte do jeitão Deadpool de ser, o que cativou o público, deixando uma expectativa enorme para a sua estreia. Veja a matéria aqui!

Isso não acontece somente na comunicação online, mas, também está presente em outros meios, os ditos mais tradicionais. A grande massa que assiste TV, compra jornais, revistas e ouve o bom e velho rádio também é mais sensível as comunicações bem humoradas. Por outro lado, alguns estudos, teses de mestrado e alguns especialistas (Shimp e Wolf) afirmam que em alguns casos o humor não é tão bem vindo, como, por exemplo, para a comunicação de riscos (combate ao fumo, mobilizações para combate ao mosquito da dengue, drogas, etc.). 

"O humor é um importante método para atrair a atenção e aumentar o gosto pela marca anunciada, mas não se consegue grandes vantagens para aumento da persuasão (fato que é notoriamente preocupante do ponto de vista da comunicação de riscos, na qual a persuasão é o principal objetivo da mensagem transmitida). 

Veja o material completo sobre o uso do humor na publicidade como estratégia na comunicação de riscos, aqui

Reprodução Fanpage Curitiba Prefs.

Esses indícios são claros e nos dizem também que o humor não pode funcionar para tudo. Aliás, nada funciona para tudo - o mundo não teria a mesma graça. Do mesmo jeito que não se pode dizer que outra prefeitura, de outra cidade, fazendo o que Curitiba faz, conseguiria sucesso em sua estratégia. Tudo precisa ser medido. Tudo é questão de estudar o público, alinhar estratégias e propósitos ou, toda comunicação, poderá virar apenas, uma piada.

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Escolhi continuar Relações Públicas

Fui escolhido por Relações Públicas, como 99% dos formados neste curso! Depois que conheci, escolhi! Escolhi continuar RP e fazer dos meus esforços um meio de incentivar mais e mais pessoas a continuarem junto comigo.

Nada mais bonito e normal nessa vida do que uma boa dúvida! Sou professor do curso de Relações Públicas da faculdade ESAMC, em Uberlândia, MG, e me pego com alunos que escolheram o curso de RP, divagando sobre seus futuros na vida profissional e, mais que isso, vejo muitas pessoas talentosas se limitando, pondo dificuldades e fazendo do sonho, um pesadelo!


Não se limite!

O que falei no parágrafo anterior, por mais duro que possa parecer, é a fotografia da realidade de uma profissão que possui estudantes com síndrome de vira-lata. Essa síndrome ataca você de um jeito que faz a sua cabeça pensar que você não é capaz, e o pior, faz você ter a certeza de que é menor que os outros. A boa notícia é que você não é pior que ninguém e que é totalmente capaz de fazer as coisas acontecerem! Olha que coisa... parece que estou mandando um recado para eu mesmo, também!

Falando sobre Relações Públicas, analisando a comunicação que é feita, vendo os profissionais que atuam e, principalmente, a movimentação deste mercado num sentido macro, eu percebo que as oportunidades são gigantes, porém, como nada pode ser tão fácil na vida, temos obstáculos.

Qual é o problema?

Em uma palestra que ministrei me perguntaram sobre as dificuldades que o RP tem no mercado e, sem hesitar muito eu respondi que era a capacidade de vender o próprio trabalho. O bom Relações Públicas consegue escrever um planejamento de comunicação, traçar objetivos, metas de comunicação, sabe analisar o teor das mensagens e ligar os pontos de uma comunicação integrada, mas, antes de tudo isso, ele não sabe vender!

Os RPs são exímios planejadores e ótimos executores, geralmente. Na academia, aprendemos o valor da comunicação vinda dos níveis mais baixos e como tratar essas informações nas escalas maiores. Sabemos que o retorno de imagem é algo maravilhoso, que a opinião pública deve ser levada em consideração para tomadas de decisão e que todos os públicos envolvidos devem ser alimentados, não só com informações, mas também com relacionamento. O que ainda não sabemos é vender! Vender no sentido de mostrar o quanto vamos dar de retorno para os clientes. É ROI! ROI puro!

Isso não é um conselho!

Chame as próximas linhas de dicas ou toques espertos, pra você melhorar, sabe? Tente buscar, cada vez mais, coisas que estejam fora da academia. Não estou dizendo pra você sair da faculdade ou que ela não tenha valor, só estou dizendo que você não verá tudo por lá! Procure cursos, seja online ou presenciais - seja de finanças, oratória, marketing, negociação - se reforce onde não está indo bem. Para isso, faça a sua própria SWOT! Liste suas Forças, Fraquezas, que são as suas características - coisa que você controla - e liste também as Oportunidades e as Ameaças que você tem no ambiente externo - o que você não pode controlar.



Outro toque bacana, que eu já tinha citado é... Conheça a RP School, que está com cursos muito bons e podem te ajudar a ser um RP dos melhores! Já estou fazendo alguns cursos por lá e eu recomendo Clique aqui e conheça a RP SCHOOL. Procure saber dos encontros e congressos da Aberje. Afilie-se em entidades de classe da sua cidade. Faça relacionamentos!

****Bônus!!! Se você é um Relações Públicas interessado em qualquer curso da RP School e gostaria de se inscrever em alguns deles, nós temos cupom de desconto especial do RP e PP. Envie um e-mail com os cursos que gostaria de fazer para blogrpepp@gmail.com que nós te contamos tudinho!

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

ERERP lança edital para interessadas e interessados em participar da organização do evento

A COE – Comissão Organizadora do ERERP 2016 – lançou o edital de delegadas e delegados do VIII ERERP, que acontece em Bauru entre os dias 21 e 24 de abril de 2016, com o tema “Elos e Conflitos”. Na fanpage do evento, estão todas as informações para quem tem interesse em participar da organização colaborativa do ERERP.


A ideia de trabalhar um tema que já carrega no nome palavras não harmônicas veio de inúmeras reflexões feitas pela COE. Inspirada na liquidez defendida por Baumam e nos conflitos contemporâneos, tanto das Relações Públicas quanto da sociedade, a COE propõe um debate horizontal, diverso e conflituoso (por que não?). Não faria sentido construir tudo isso sem ajuda, por esse motivo as delegadas e delegados assumem um papel importante de elo entre a COE e estudantes de RP.

As delegadas e delegados também realizarão o desafio Mobiliza aê! Uma nova proposta dentro do movimento ERERP, idealizada por quem participou da última edição em Curitiba, com o objetivo de integrar estudantes antes do evento em si. A proposta de unir “Elos e Conflitos” veio da percepção de uma urgência: empatia. Em meio a tantos conflitos históricos e elos que nascem e se rompem, estudantes de Relações Públicas buscam suas identidades fluidas. Em um mundo contemporâneo de constante construção e desconstrução, o ERERP 2016 nasce da vontade de projetar nesse cenário uma possibilidade de atuação profissional e de comunicação de valores e anseios sem ruídos. 

De acordo com Maria Eduarda Gomes, que faz parte da comissão organizadora do evento, a proposta do tema "Elos e Conflitos", é debater horizontalmente assuntos conflituosos que envolvem nossa formação e atuação na academia e no mercado.

E aí, se interessou? Entre no Facebook e se inscreva. O ERERP já começou!

Informações:

COE Bauru 2016

Edital Aqui!

ererp2016@gmail.com

terça-feira, 24 de novembro de 2015

SuperAção! Evento promove a igualdade e a motivação para quebrar barreiras

Amanhã, 25, acontece na ESAMC, em Uberlândia, o evento "SuperAção", com a organização dos alunos do sexto e sétimo período da instituição e que contará com a presença de duas personalidades do cenário paralímpico brasileiro: Clodoaldo Massardi e Isabel Cristina.


Clodoaldo em 2011 conquistou o terceiro lugar nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara, no México e também já foi Campeão pelo Campeonato Brasileiro de Bocha, em 2010. Já Isabel, foi recordista no pentatlo por quatro anos consecutivos, durante 2005 a 2008.

O evento tem por principal finalidade trazer conscientização quanto às superações que os atletas tiveram para alcançar seus objetivos, servindo de exemplo para todos os seus semelhantes e também àqueles que não possuem nenhum tipo de limitação física.

Além dos palestrantes, um pocket show de abertura com a banda Ab’Surdos vai acontecer. A banda Ab'Surdos conta com integrantes que possuem deficiência auditiva.

As inscrições serão gratuitas - AQUI

sexta-feira, 6 de novembro de 2015

RP e PP Estará na Jornada de Relações Públicas 2015 da Faculdade Sul-Americana (FASAM)!

Com uma alegria muito grande que eu escrevo o post de hoje do RP e PP! No próximo dia 10, terça-feira, farei uma palestra para os estudantes do curso de Relações Públicas da Faculdade Sul-Americana, a FASAM, de Goiânia. A Jornada de Relações Públicas 2015 da FASAM acontece nos dias 10 e 11 de novembro e terá palestras com temas atuais e palestrantes genuinamente RPs!

No dia 10, Roberta Beatriz e Taís Oliveira, do mega blog Versátil RP vão apresentar o tema: "O Fantástico Mundo das Relações Públicas". No mesmo dia, eu, Maurity Cazarotti, vou falar sobre Empreendedorismo e Relações Públicas na palestra "Empreender é Coisa de RP!". No segundo dia, Amanda Takassiki do RP Brasil e Todo Mundo Precisa de Um RP vai falar sobre os caminhos que os RPs podem seguir, na palestra "E Agora RP, Qual Caminho Seguir?" e a Ana Clarissa Cavalcante do RP Manaus vai desvendar o que há de oculto no mundo dos Social Medias na palestra "O Lado Oculto de Um Social Media".


É uma alegria imensa participar de um evento verdadeiramente feito para futuros RPs! Vamos compartilhar muitas ideias boas, com certeza!

Serviço:

O evento será realizado no auditório da Faculdade FASAM, das 18h às 21h30. Os interessados já podem se inscrever no site da instituição, na aba “Cursos de Extensão”.

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

6º Congresso de Comunicação Empresarial Aberje em Minas Gerais!

Estamos a menos de um mês do 6º Congresso de Comunicação Empresarial Aberje de Minas Gerais e a expectativa para o evento é a melhor possível, já que o assunto e as atividades oferecidas no evento estão em altíssimo nível. Vamos te contar tudo!


O 6º Congresso de Comunicação Empresarial ABERJE de Minas Gerais, realizado pela Aberje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial, acontece no próximo dia 13 de Novembro na Casa Fiat de Cultura em Belo Horizonte e terá como tema: "Como a Indústria e a Carreira de Comunicação estão mudando: Ameaças e Oportunidades".

Nesta edição, o objetivo do encontro é debater sobre as mudanças que a indústria e a carreira em comunicação tem sofrido ao longo dos últimos anos. Serão abordados aspectos como as ameaças e as oportunidades no segmento e a necessidade do comunicador e do mercado se reinventarem numa era de transformações de cenários com a inserção da tecnologia e os novos padrões de comportamento.


Este ano, o Congresso contará com quatro painéis que se revezarão em assuntos como: As tendências da comunicação, o porquê do storytelling nas corporações, conduzido pelo palestrante Rodrigo Cogo, professor e responsável pela área de Inteligência de Mercado da Aberje, com mediação de Roberto Baraldi, diretor de capítulo Aberje Minas Gerais.

Em outro momento de debates, a palestrante Erika Pessoa, da empresa Pessoa Comunicação, auxiliada pelo mediador Robson Abreu, falará sobre a comunicação tangível através das narrativas trazendo, principalmente, a importância de selecionar as informações relevantes para contar uma boa história ao público.

Assessoria de Imprensa

Um momento dedicado à assessoria de imprensa também está garantido com a palestra de Manoel Fernandes, da empresa Bites. Manoel falará sobre o futuro da área de AI e irá mostrar como o assessor de imprensa pode se adaptar em um ambiente de mídias sociais, que é um fato relativamente novo e pouco explorado pelos profissionais.

Jorge Gorgen, Gerente de Relações com a Imprensa da CNH Industrial América Latina finalizará os debates trazendo um panorama com relação as mudanças observadas nesse novo cenário. Uma discussão que promete demonstrar ações diferenciadas e inovadoras de comunicação diante das mudanças que estamos enfrentando no nosso dia a dia.

Serviço

Para se inscrever, basta acessar o site do evento http://goo.gl/QY6BLX e preencher a ficha de inscrição. Até o dia 23/10 os preços são diferenciados para estudantes, professores e associados ABERJE. Lembrando que o evento acontece no dia 13 de novembro em Belo Horizonte na Casa Fiat de Cultura. Participe!

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Comunicação, propaganda e nostalgia #1

E que é que nunca teve saudades? Um amor que já se foi, uma fase da vida que marcou, uma música, uma propaganda? Uma propaganda???

Poxa, mas é claro!

A propaganda é um instrumento transformador e que pode mudar o jeito das pessoas olharem para determinado produto ou serviço e, com uma visão bem romântica da coisa, posso te dizer que esse tipo de comunicação fica na memória e é nostálgico, no bom sentido, relembrar essas coisas. Pois é!

Me lembro como se fosse ontem...

Copa de 2002 Coréia e Japão. Acordar de madrugada pra assistir os jogos. Uma comoção total em torno do futebol brasileiro e toda atmosfera que envolvia a seleção com craques como: Ronaldo Fenômeno (que na época ainda era Ronaldinho), Cafu, Roberto Carlos, São Marcos, Rivaldo, Lúcio, Roque Júnior, Ronaldinho Gaúcho, Denilson e outros grandes (o post não é pra lembrar a escalação toda, mas, tem nesse link aqui).

Brasil X Alemanha 2002

Outro destaque da copa foi (e sempre é) a propaganda! Meu deus, como essa época é boa e cheia de comerciais geniais. Eu imagino que o budget é investido sem dó nem piedade (risos) e toda criatividade é posta à prova e, por isso, sai tanta coisa boa (e sai coisa ruim também, mas, hoje não é o caso).

Queria lembrar e puxar na sua memória a propaganda da Brahma. A tartaruguinha! Criada pela F/Nasca, que foi considerada a agência do ano no Festival de Cannes, mais precisamente uma criação de Fábio Fernandes. Era um mascote simples, quase sem falas (Ihhhhhhhh - uma provocação corriqueira em rachões, após aquela caneta inesquecível), era inusitado e chegava a ser non sense, porém, tinha um carisma gigantesco e um alinhamento genial com a proposta da marca. Vamos relembrar!

Tátaruga né!


Gostou da nostalgia de hoje? Então manda a sua propaganda preferida também. A gente faz aquela resenha bacana e fala sobre ela. Deixa sua sugestão aí nos comentários e coloca também o link do comercial. Recordar e viver!



*Meu agradecimento ao sempre prestativo, contribuinte deste espaço e criador da marca deste blog Hudson Viana, que mandou o seu momento nostálgico pra mim. Valeu carinha que mora logo ali!

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Ele aumentou os salários dos funcionários e, acredite, se deu mal!

E não é que toda ação possui uma reação? Sim, claro! Newton já dizia isso há muito tempo e essa lei da física cabe em qualquer lugar, seja na física, na química, na engenharia, ou até mesmo no mundo corporativo. Essa lei parece ter sido ignorada por Dan Price, CEO da Gravity Payments – uma pequena empresa de processamento de pagamentos por cartão de crédito.

Em uma tentativa de demonstrar a grandeza, Dan Price está pagando um preço alto (trocadilho infame) por ter feito uma ação inesperada. Ele só queria diminuir as diferenças, mas, infelizmente colocou o carro na frente dos bois! A revista eletrônica Exame.com, por meio do seu colunista Daniel Castello, perguntou aos leitores: Dan Price é um anjo, um gênio, um idealista, um jogador ou apenas um irresponsável?

Dan Price rp e pp

Bom! Se colocarmos na mesa aquela velha frase dita pelos nossos avós "Faça o bem, sem olhar a quem!", certamente a resposta seria: Price é um anjo, um gênio e um idealista! Mas, infelizmente ele foi, apenas, um irresponsável! O CEO não levou em consideração, o fato de existir uma reação. Simplesmente fez "o bem". 

Dan Price aumentou os salários dos seus funcionários para 70.000/ano. Mas aí você me pergunta o motivo de tanta frustração nessa ação: isso não deveria ser algo bom, afinal de contas ele está aumentando salários e diminuindo as diferenças entre o topo e a base!?!? E eu nem citei o fato que Price diminuiu o próprio salário que era de 1 milhão por ano e também passou para os mesmos 70.000. Oh, Good!!!

A grande discussão aqui é o mapeamento do terreno, a visualização dos cenários e as reações que isso poderia trazer no médio e longo prazo. Em um primeiro momento, Price foi considerado um visionário, um líder nato, um Deus (com dê maiúsculo)! Mas, de acordo com o New York Times, os clientes ficaram com medo da medida e deixaram a empresa, uma vez que o aumento foi visto como uma “declaração política” e “socialista”, em meio a um debate nos Estados Unidos sobre a desigualdade de salários entre diretores e funcionários. 

A pressão era muito grande e alguns dos principais funcionários pediram demissão, pelo fato de terem os seus salários publicados (para o mundo todo saber) e outros se demitiram por achar "essa tal igualdade" injusta, pois isso colocou em pé de igualdade TODOS os funcionários, desde os mais "sêniors", até os mais "juniors"! 

Dan Price rp e pp

A revista Entrepreneur publicou agora a pouco uma matéria sobre o caso e também aproveitou para dar algumas dicas pro grande Price. Clique aqui e veja! Nessa matéria podemos ver algumas ações que o CEO poderia ter tomado antes de anunciar o aumento, mas, o que queremos saber é: O que fazer agora? 

Uma grande crise se formou e o que você faria como profissional de RP? 




*Agradecimento ao amigo Antonio Juan que nos enviou esta sugestão de pauta! Mande a sua sugestão também: mauritycaza@gmail.com
Postagens mais antigas Página inicial

Copyright © RP e PP | Traduzido Por: RP e PP

Design by Maurity Cazarotti | Blogger Theme by RP e PP