Seu blog de Relações Públicas e Propaganda

Mostrando postagens com marcador versátil rp. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador versátil rp. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Como fazer uma nota de repúdio?

Nada mais oportuno do que falar sobre esse assunto, porém, completo dizendo: infelizmente. Uma das regras de alavancagem de conteúdo é aproveitar a agenda settings, escrever e publicar sobre. Escrevo incentivado por um acontecimento, no mínimo, infeliz e contraditório, que é o fato de um relações-públicas cercear o direito de mães poderem amamentar seus filhos onde quiserem, enquanto o próprio Papa convida as mães a amamentarem seus filhos durante um batismo (Veja aqui). 

No dia 06/01 o Presidente do Conrerp 2ª Região, Cláudio Andrade, fez comentários em suas redes sociais utilizando algumas palavras de baixo calão, sendo contra o ato de amamentar em público e sua atitude se espalhou pelos grupos de discussão de Relações Públicas do país inteiro, deixando profissionais e estudantes da área assustados e indignados com a situação.

Como forma de cobrar do Conrerp uma posição, os principais movimentos de Relações Públicas do Brasil se organizaram e redigiram uma nota de repúdio: 


"No dia 6 de janeiro de 2017, Cláudio Andrade desferiu comentários sobre o ato de amamentar em suas redes sociais, utilizando-se de argumentos rasos, palavras inadequadas e comparações menos adequadas ainda. Repudiamos as declarações e respostas ofensivas do atual presidente do CONRERP2 e reiteramos que as mesmas ferem o Código de Ética da Profissão - Frisamos que as Relações Públicas são instrumento de união e respeito pelas opiniões e, acima de tudo, se guia pela Declaração Universal dos Direitos Humanos. Por fim, pedimos ao Conrerp 2ª Região e ao CONFERP para que avaliem a situação da melhor maneira possível, resguardando os seus Princípios Fundamentais previstos em seu Código de Ética.


Após a repercussão negativa, Andrade pediu desculpas (em três notas com teor diferente, em suas redes sociais).

Afinal de contas, o que é e como fazer uma nota de repúdio?

O repúdio pode expressar-se de diversas maneiras. Pode ser desde o ato espontâneo de vaiar em coro num estádio de futebol, durante um jogo, ou em pleno discurso público. No caso das notas de repúdio, sua serventia é mais que exercer o direito de se posicionar contra a algum ato, mas, tem o papel de documentar um posicionamento. 


Fazer uma nota com esse teor envolve conhecer a causa pela qual está lutando/contexto inserido, escrever com clareza os pedidos e/ou reclamações, sempre descrevendo o acontecimento com citação da cronologia dos fatos, dando nome aos responsáveis e embasamento, seja em leis, normativas, códigos de ética ou em preceitos ligados à situação/instituição (em casos de algo ou alguém ligado à instituições religiosas, preceitos religiosos podem ser utilizados ou, em caso de ser um advogado, normativas da OAB, por exemplo) e, o mais importante, não cabe em uma nota de repúdio a utilização de linguajar chulo ou ofensas aos que se endereçam a nota.

Há dois dias, a ABCZ (Associação Brasileira dos Criadores de Zebu) repudiaram o enredo de uma escola de samba do Rio de Janeiro (Imperatriz Leopoldinense). Veja esse outro exemplo de nota de repúdio na íntegra aqui

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Versátil RP e FAPCOM promovem atividades gratuitas em setembro

Nos dias 26 e 27 de setembro, das 08h às 12h e das 19h às 22h, o Versátil RP realizará, sob coordenação de Tico Marcondes, em parceria com a FAPCOM – Faculdade Paulus de Comunicação, atividades gratuitas sobre Relações Públicas no Fórum de Comunicação FAPCOM.

Palestras e Bate-Papos:

No dia 26 de setembro, acontecerá a “Mesa RP – RP e o movimentos que fortalecem a profissão” nos períodos manhã e noite, com a presença dos coletivos Versátil RP, Todo Mundo Precisa de um RP, Fantástico Mundo de RP, Relacione-se, RP e PP, RP Manaus, RP Depressão, RP Salvadore e Observatório da Comunicação Institucional com a mediação do Presidente do CONRERP 2ª Região, Claudio Andrade.

Foto Reprodução FAPCOM

Nesse dia, também serão realizadas as palestras “Empregabilidade em RP” com Pedro Prochno (Uber/Todo Mundo Precisa de um RP), “Tô na facul, mas tô perdido. Me ajuda?” com Taís Oliveira (co-fundadora VRP) e “Empreendedorismo em RP” com Juliana Motta (VRP).

No dia 27 de setembro, também nos dois períodos, acontecerá a “Mesa RP – Comunicação no Terceiro Setor”, com Instituto da Oportunidade Social, Hospital Albert Einsten, Escoteiros do Brasil, Federação de Bandeirantes, Usina dos Atos, TETO Brasil e Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo com a mediação do Presidente do CONRERP 2ª Região, Claudio Andrade.

As palestras “Conteúdo para Blog Institucional” com Lais Rodrigues (VRP), “RP no processo de Branding” com Tânia D’Ávila (VRP) e “Comunicação de Causa: estratégias da campanha de doação de órgãos” com Mirtes Bogéa (Hosp. Albert Einstein) e Tiago Lara (Leo Burnett Brasil).

Serviço

Datas: 26 e 27 de setembro de 2016
Horário: das 08h às 12h e das 19h às 22h
Local: FAPCOM – Faculdade Paulus de Comunicação
Rua Major Maragliano, 191 - Vila Mariana – SP.
Inscrições: goo.gl/PSu7Fz
Entrada franca!

quinta-feira, 10 de março de 2016

Teste de DNA Relações Públicas: Quem é o Pai?

Olá leitor do Blog RP e PP! Como vão as coisas? Parece estranho fazer esta pergunta no começo de um post, mas, como a questão é delicada, eu não quis ir tão direto ao assunto, como em outros textos.
Hoje, me lembrei de uma história e eu gostaria de compartilhar e, ao mesmo tempo, falar sobre o sentimento que envolve essa história. Nada mais é que a paternidade das Relações Públicas. Quem é o pai?


Antes de dizer quem é o pai eu gostaria de perguntar pra você: quem é a mãe? Ficou confuso pra você? Bom, a intenção é, realmente, deixar você com a pulga atrás da orelha. Por quê não ser uma mãe? A discussão pode ir longe!

Bom, falando de história, em 1906 o jornalista e publicitário Ivy Lee visualizou uma grande oportunidade de trabalhar com comunicação, vendo os erros do empresariado americano. A necessidade era a de se comunicar com a imprensa e mudar a imagem dos seus clientes frente a opinião pública. Na época, o primeiro cliente de Ivy Lee foi Jhon Rockefeller, que até então era conhecido por ser sanguinário, sem escrúpulos e por não estar nem aí com os direitos dos trabalhadores (como muitos outros empresários da época que faziam seus funcionários trabalharem mais de 12... 14h por dia).

Pouco depois surge o sobrinho de ninguém menos que Sigmund Freud (Fróid para os íntimos). Edward Bernays, começa a despontar como referencial teórico e lança, o que foi considerado como o primeiro livro de Relações Públicas, chamado de "Cristalização da Opinião Pública". A paternidade das RP passa muito pelo duelo entre Lee e Bernays, como figuras importantes no exterior, mas, também temos outros "pais" da profissão no Brasil, como o primeiro RP, Eduardo Pinheiro Lobo, engenheiro que ficou encarregado da área de Relações Públicas da Light, em São Paulo e muito sincronizado com o movimento que acontecera no exterior, surge Cândido Teobaldo de Souza Andrade, pioneiro na área de pesquisas em Relações Públicas, inclusive sendo o primeiro a escrever sobre a área no Brasil.

A grande verdade é que seria injusto também, nos perguntarmos, somente, quem é o pai. Você entenderá nas próximas linhas!

Já parou pra pensar que filho bonito tem sempre dois, ou mais, pais ou mães? Relações Públicas é esse filho bonito, pois é muito importante para o desenvolvimento de negócios e sociedades, pois tem papel mercadológico e uma veia humana fortíssima em sua essência. 

Afinal de contas: Quem é o pai?


Meu caro, a resposta é muito simples! Apesar de ter sido visualizada como uma necessidade real por um americano, no século passado, Ivy Lee não pode ser o pai, nem Bernays, tampouco Lobo ou Andrade. Pai e mãe são aqueles que criam! Você é o pai! Você é a mãe! Nós que estamos com a responsabilidade de continuar o que esses e essas grandes profissionais iniciaram lá atrás, logo, se não assumirmos a "paternidade" do que estamos fazendo, não teremos evoluções significativas, como as que Margarida Kunsch fez ao apresentar o composto de Relações Públicas e o seu planejamento, como fez Fábio França com o estudo sobre públicos, o que vem fazendo a Carol Terra na área de Mídias Digitais, os garotos e garotas do RP Manaus, Todo Mundo Precisa de um RP, RP Brasil, Versátil RP, RP Depressão. Não me canso de citar esses caras e creio que todo RP precisa conhecer, ou melhor, todo pai e toda mãe das Relações Públicas precisa conhecer!

Gostou de saber que você é pai? E você, gostou de saber que é mãe? Agora, cuide, esse filho é seu, parabéns!


sexta-feira, 6 de novembro de 2015

RP e PP Estará na Jornada de Relações Públicas 2015 da Faculdade Sul-Americana (FASAM)!

Com uma alegria muito grande que eu escrevo o post de hoje do RP e PP! No próximo dia 10, terça-feira, farei uma palestra para os estudantes do curso de Relações Públicas da Faculdade Sul-Americana, a FASAM, de Goiânia. A Jornada de Relações Públicas 2015 da FASAM acontece nos dias 10 e 11 de novembro e terá palestras com temas atuais e palestrantes genuinamente RPs!

No dia 10, Roberta Beatriz e Taís Oliveira, do mega blog Versátil RP vão apresentar o tema: "O Fantástico Mundo das Relações Públicas". No mesmo dia, eu, Maurity Cazarotti, vou falar sobre Empreendedorismo e Relações Públicas na palestra "Empreender é Coisa de RP!". No segundo dia, Amanda Takassiki do RP Brasil e Todo Mundo Precisa de Um RP vai falar sobre os caminhos que os RPs podem seguir, na palestra "E Agora RP, Qual Caminho Seguir?" e a Ana Clarissa Cavalcante do RP Manaus vai desvendar o que há de oculto no mundo dos Social Medias na palestra "O Lado Oculto de Um Social Media".


É uma alegria imensa participar de um evento verdadeiramente feito para futuros RPs! Vamos compartilhar muitas ideias boas, com certeza!

Serviço:

O evento será realizado no auditório da Faculdade FASAM, das 18h às 21h30. Os interessados já podem se inscrever no site da instituição, na aba “Cursos de Extensão”.
Postagens mais antigas Página inicial

Copyright © RP e PP | Traduzido Por: RP e PP

Design by Maurity Cazarotti | Blogger Theme by RP e PP

}); //]]>